Pular para o conteúdo principal
Ecuador

IP Key América Latina foca sua primeira atividade do 2020 na Proteçao de Variedades Vegetais

Como parte do AWP2020, IP Key América Latina une esforços com o CPVO, UPOV, GEVES e SENADI para executar três eventos em Quito, Equador, em fevereiro próximo.

O primeiro é um workshop presencial "Laboratório de Licenciamento de PVP", que visa aumentar o conhecimento dos institutos públicos de pesquisa e pequenos e médios criadores privados sobre licenciamento de PVP. Isso, a longo prazo, favorecerá o desenvolvimento de um ambiente social e econômico saudável para P&D neste setor, facilitando assim o investimento estrangeiro e as parcerias.

Após este evento, o projeto sediará um seminário para autoridades, bem como para o setor privado e a academia, e espera-se que contribua para melhorar a prevenção de infrações de direitos de VV na região. O ICVV e a UPOV farão apresentações sobre a aplicação dos direitos de VV e os países participantes (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, México, Paraguai, Peru e Uruguai) trocarão suas experiências sobre o assunto.

IP Key América Latina e seus parceiros também organizaram um workshop para especialistas técnicos dos países mencionados sobre o software GAIA, que deverá melhorar o procedimento de exame DUS das autoridades de PVP e será liderado por dois especialistas do GEVES.

Os eventos relacionados a essa atividade são de importância significativa, uma vez que a América Latina é a fonte de muitas exportações agrícolas e, promovendo a disponibilidade de proteção de variedades vegetais, os criadores podem se beneficiar dessa proteção e evitar imitação e usurpação generalizada dos direitos de variedades vegetais nos mercados internacionais.

 

 

Share this post